Vereadores de Ribeira começam analisar contas de 2015

Reunidos quinta-feira, dia 14, para a primeira sessão ordinária do ano, os vereadores de Ribeira, aprovaram a resolução da mesa diretora sobre os subsídios do presidente, vereadores e vencimentos dos servidores do Poder Legislativo, também votaram a emenda a Lei Orgânica Municipal.

Foi encaminhado para os membros das Comissões de Constituição, Justiça e Redação, Orçamento, Finanças e Contabilidade, as contas do exercício de 2015, também o parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, terão o prazo de cinco dias para opinar se favoráveis ou não.

No final da sessão o presidente, vereador Benildo Nascimento, informou que a composição das comissões permanecerá as mesmas e convidou a todos para a próxima sessão, que acontecerá no dia vinte e oito de fevereiro.

Estiveram presentes os vereadores Adauto Pedroso de Moura Pina, Ari Godoy dos Santos, Benildo do Nascimento, Cesar Rodrigues de Assis, Márcio Rodrigues de Lima, Nicolas Otavio da Silva, Sidnei da Guia Pereira dos Santos, Sávio Dias Batista e Vicente Amâncio Ribeiro.

Vereadores começam analisar contas de 2015

Veja o que disseram na tribuna:

Vicente Amâncio Ribeiro
Iniciou comentando sobre a dificuldade gerada pela falta do fornecimento de água no Bairro Saltinho, e que foi criticado, pediu ajuda para resolver e no dia seguinte, solucionaram o problema. Agradeceu ao Rafael Tamanho e João “Barbato”, que não mediram esforços para ajuda-lo, e que em dois dias acharam o defeito. Agradeceu também ao presidente Benildo, afirmando que foram dois meses difíceis sem apoio e a sua ajuda o socorreu, também citou a ajuda na viagem para Sorocaba e que a família o agradece. Fez a solicitação de que se agilize os cuidados com a estrada que está muito feia, manifestou gratidão as pessoas que o ajudaram a recolher as arvores que caíram.

Sidnei da Guia Pereira dos Santos
Começou afirmando que o presidente levar ao prefeito as reclamações e mencionou a estrada do Bairro Saltinho, necessita de limpeza e roçada, e também a estrada do morador Modesto que pediu encarecidamente e se for necessário trabalhar nos finais de semana ele remunera e oferece a alimentação. Falou sobre o Bairro Sitio Velho que a muito tempo não recebe a máquina, um local a seis quilômetros que está com transito dificultado   por ser uma estrada muito acidentada, as chuvas levam o material embora, e há muito vala, que é bastante serviço para fazer sozinho e por isso pediu ao prefeito para que coloquem alguém para auxilia-lo, concluiu afirmando que estas eram as solicitações que chegaram até ele sobre estradas.

Ari Godoy dos Santos
Iniciou falando que se passou seis anos e dois meses e não está vendo uma obra concluída, vê começos, mas não a conclusão, sobre o campo disse que é vergonhoso a prefeitura não tem a máquina para cortar, pois, a quantia empregada é pouca, citou que são coisas que dá para fazer mas não sabe o que acontece, passaram o ano com um campeonato de seis times, e que o campo da cidade e os bairros os próprios moradores estão fazendo com maquina deles, sobre o pessoal da dengue, afirmou que existem vários lugares que está cheio como nos matos e que eles não entram. Citou que outro dia notou e que tem foto do ônibus do transporte escolar levando o pessoal da saúde, apesar de ter o veículo sprinter nova, que o prefeito tem que tomar providência. Perguntou aonde está sendo aplicado o dinheiro do imposto sobre o serviço da Tabocas e do próprio asfalto, o recurso que o vereador Sávio falou de setecentos mil reais, falou que a passarela pega um trabalha e logo pega outro, e que não tem ninguém fixo profissionalmente, quebra-galho somente, finalizando disse que vem cobrando e espera que o prefeito com um ano e meio realize todos esses serviços, e que com um ano e seis meses não vê uma obra realizada.

Adauto Pedroso de Moura Pina
Primeiramente agradeceu a Deus por mais uma vez estar na Casa, pelo ano que passou, agradeceu ao Deputado Herculano Passos por estar na cidade e ter ajudado com a emenda parlamentar no valor de cem mil reais, sentindo-se feliz em estar somando e ajudando ao Município, e que com essa Emenda esses quatro anos do seu mandato praticamente já pagou, mas, quer dar em dobro, está correndo atrás conversando com o deputado sobre mais uma emenda para ajudar ao município. Cobrou para que a população venha acompanhar as sessões, e que há vereadores que querem trabalhar e estão com vontade de ajudar. Parabenizou ao presidente pela reeleição, esteve à parte para concorrer, mas que não foi desta vez, e tem a certeza que fará um bom trabalho, parabenizou a todos da Mesa ao Jurídico e funcionária. Ressaltou que quer somar e não dividir nem atrapalhar ao grupo, se perceber que o grupo não o quer, sabe que tem outros meios para tomar, mas que está contente por fazer parte e que podem contar com ele, as cobranças deixaram para a próxima sessão.

Nicolas Otavio da Silva
Citou que têm recebido reclamações das pessoas dos Bairros, que  desejam alternativas de soluções da Casa de Leis, sobre a Empresa Elektro, as reclamações são de que não são realizadas as leituras mensais, as faturas são recebidas a cada três meses, e os valores são absurdos, chegando a trezentos, quatrocentos reais, deste modo verificar o que pode ser feito, até mesmo um ofício para fazerem leitura como em Ribeira, menciona que a empresa é rica e deve colocar funcionário e as pessoas estão sendo lesadas, algumas nem salário possuem e que deve ser tomada providências a respeito. Foram orientados para que cobrem dos departamentos, as pessoas vão, mas que fica tudo na mesma.  Conversou com o s prefeito e também com Valdir, pediu ao presidente para que os cobrem. Sobre mandar a máquina no Bairro dos Coelhos, destacou que estão necessitando de cuidados para poder ter o transporte com o retorno das aulas e aproveitando que estarão no local que façam também o serviço no campo, e que este é o único lazer dos moradores do bairro.

Márcio Rodrigues de Lima
Primeiro falou sobre as informações solicitadas do concurso público do ano de dois mil e dezesseis, perguntou se foram preenchidas todas as vagas, se foram prorrogados ou não, e a previsão para realização do próximo concurso. Principalmente na área da educação, onde, há bastante tempo tem necessidade de mais funcionários por ter sido municipalizado, foi e vêm sendo realizado contrato, destacou que não pode ser enviado de última hora, com sessão extraordinária, alegando urgência, pois, se fosse urgência teria um ano para fazer, deste modo poderá ser analisado e optado, como já aconteceu, fica um certo receio, esclareceu. Falou das obras e não sabe se o prefeito tem previsão de vir, o ano anterior não veio, para conversarem, e tantos assuntos a saber e somente ele pode responder, pediu esta reunião para sanar as dúvidas. Solicitou para que mantenham atualizado o site com portarias e decretos que faltam.  Falando da alteração na emenda da Lei Orgânica, afirmou que irá melhorar, agradeceu a Comissão que emitiu parecer favorável. Falou sobre a lei do salário, do piso dos Agentes Comunitários de Saúde, para o início deste, mil e duzentos e cinquenta reais, segundo alguns agentes informaram já veio esse repasse a mais, mas que não conferiu, para o ano que vem mil quatrocentos e cinquenta reais, e ai será reajustado de acordo com a inflação como os demais, e que está cobrando não sabe se já foi pago, citando de acordo com o pedido.

Benildo Nascimento
Agradecendo por estarem reunidos desejou que todos tenham um bom ano de trabalho aos munícipes. Respondendo aos questionamentos: esteve andando pelo município e nota algumas irregularidades, as estradas são de acordo com as chuvas, e a vegetação que nesta época crescem bastante, o  prefeito tem a seguinte previsão: para a estrada do Saltinho as roçadas do dia quinze em diante, as estradas dos Coelhos, notou que mexeram na estrada, segundo informação estava solto a perenizarão,  e foi colocado terra vermelha e ontem nem mesmo o trator subia, mas, o prefeito informou que a Tabocas se disponibilizou em fazer este trecho, estará cobrando para que maquina vá até ao campo para terminar. Sobre as cobranças de definições dos recursos e términos de obra, convidou os vereadores para que comparecessem mais a Câmara, e informou que naquele dia foi realizado audiência pública, sobre as Ações da Saúde e Metas Fiscais e que nestas reuniões mostram o que acontecem durante o período, e que só constava a sua presença e do vereador Marcio. Foram colocados cartazes e a prefeitura realiza as audiências para que venham os vereadores e a população, deste modo algumas informações solicitadas são informadas. Alguns esclarecimentos do prefeito: as maquinas hoje estão na prefeitura, necessitam de pneus, chegou um pouco e está sendo buscado o restante, parando as chuvas serão resolvidos esses problemas, a estrada do Modesto também já há previsão de quando será arrumada, do Sitio velho o bueiro foi arrumado, deu problema novamente, a estrada do Salitro será também a partir do dia quinze. Lembrou que recebeu as mesmas reclamações do vereador Nicolas no ano passado, sobre o valor cobrado nas contas foi passado ao Jurídico, e ficou que as pessoas teriam que pagar as contas, mencionou que será necessário ver uma maneira para solucionar, e que o PROCON aconselha a procurar os órgãos Municipais como Câmara ou a Prefeitura.